terça-feira, 9 de setembro de 2008

Procuro... Vou encontrando... Mas não o que quero!

As férias estavam a chegar ao fim e, as canas, sedentas de acção, aguardavam que o vento deixasse sair e pescar até à exaustão, ali... Mesmo junto à roda de leme, espreitando a água e o seu dono, como que dizendo: então!? Esperas o quê!? Que chova?
Eu compreendi-as e não respondi! Ali onde estavam, não sentiam o vento nem se apercebiam que também eu, mentalmente, perguntava ao Deus do Vento, quando teria mais uma oportunidade de testar materiais e... Aquele pesqueiro novo, onde me fugiu o "grande"!
Acabei por lá ir, antes das férias terminarem! Montei as "armadilhas" todas! A cana na mão, com dois estralhos compridos; a cana sózinha com uma Sardinha quase inteira, fresca e morta; e, a outra, também só, com uma cavalinha viva, acabada de apanhar!
Esperei! Trabalhei! Mudei iscas à velocidade do som... Ou lá perto! Entraram os peixes! Alguns pequenos... Devolvi-os! Alguns maiores... Guardei-os para os comer e para a posteridade! Um Vermelho, outro cinzento! Ambos com tons de prata! Bonitos! Muito mais que o "suporte" em que ficaram!

Fui lá outra vez, no dia a seguir, o último das férias... Nada! Nem comiam as iscas!

Talvez devido à água estar tão lusa que quase se via o fundo! Mudei de pesqueiro, lá mais para longe... Mais fundo! Naquele, o do "Crescente", que não me falhou!

Entraram Douradas em número de três; Pargos quileiros, mais que os necessários e menos que os legais; e, o "grande" não veio... Outra vez!

Esqueci-me das fotos! Nem as tirei! Mas a memória não falha, por enquanto!

Arrumei tudo, fechei o barco e preparei-me para a viagem de volta, tentando não pensar que as férias estavam esgotadas e o dia seguinte me aguardava cheio de solicitações, com trabalho por todo o lado, bom sinal! Pelo menos sei que o tenho! Muitos procuram e não o encontram!

Fiz o trabalho que era preciso! Até adiantei algum, principalmente quando me apercebi que o fim de semana, este último, estava bom e me permitia voltar a Sines e pescar mais! Insistir! Ler os fundos e tentar mais uma vez ou... Aquelas que forem possíveis!

Fui lá, outra vez, ao pesqueiro novo! Variei pescas, tamanhos de estralhos, alturas do fundo e... Apanhei bem!

Os Pargos quileiros, o Robalo que se vê, capturado pela cana nova da 7even, o sonho do meu amigo Nuno Paulino que a idealizou, solicitando-me que a testasse e... Passou no teste com "Muito Bom"! Não sei mesmo se não valerá o "Excelente"!? Para tal, falta que eu tenha o engenho para a pôr a lutar com um... "Daqueles" que procuro insistentemente! Depois conto!

Ainda entraram os Sargos, aqueles de tamanhos muito acima da medida legal, como outros que por aqui já mostrei! Não mereceram o estrelato... A repetição, de mais do mesmo, não é boa para os sentidos! Tende a tornar-se vulgar, e... Sabemos que não é!

Tudo isto, na companhia do meu amigo João Martins! Obrigado João, pelas análises que efectuaste e pelo teu sentir da pesca! Ensinaram-me por constatação de factos e pelo sentir elaborado e pensado das acções desenvolvidas.

Pena que o "grande" não tenha entrado, dando ainda mais sentido a tudo o que passámos! Um dia excelente, sem margem para dúvidas!

Aquela costeleta de vitela e a conversa ao jantar... Tudo delicioso!

Veio o Domingo! Fui com o Zé Beicinho! Insistimos e a qualidade apareceu, uma vez mais, com os Parguitos dele e o meu Sargo Veado!

A quantidade foi menor! Novidades... Não houve! O dia rolou, quente e calmo! Com mudança de pesqueiro no final, e, sem melhorias quanto a capturas!

O fim de semana estava no fim! Aceitámos e volvemos ao porto, satisfeitos e com a esperança renovada para outros dias, também quentes e calmos, de preferência, mas... Com novas de maior nota!

Vamos ver quando é o próximo e... O que nos traz!?

Boa noite a todos os leitores!

13 comentários:

Pedro batalha disse...

Boas.
O amigo Ernesto procura e vai encontrando....
Imagine-se se encontra-se o que queria....As suas capturas são bem boas, deixe lá uns peixinhos cá para os outros.
Parabéns pelas férias e capturas realizadas.
O grande.....há-de aparecer....

Abraço

Anónimo disse...

Viva Ernesto Lima

Para mim foi mesmo um dia espetacular na companhia de um grande pescador
Aprendi imenso, só a vê-lo pescar
Para que os que não sabem, com o Ernesto todas as acções de pesca têm uma sequência e lógica impressionantes, nada é executado por acaso, cada uma responde com precisão aos factos que a antecederam, correctamente lidos e interpretados
Para ele a pesca é um diálogo constante e intenso, inteligente, com tudo o que o rodeia
Acho que é isso a chave mestra do seu sucesso!

O "grande" anda fugido mas há-de arranjar coragem para lutar consigo

Um grande abraço

João Martins
.

Daniel Rodrigues disse...

Viva Amigo Ernesto!

Mais uma Grande crónica!

Penso que nos cruzámos no Domingo á tarde.

Nós Não conseguimos sair de manhã, devido ao nevoeiro (e também devido aos excessos da noite anterior.)LOL

Sonda com marcação , mas o peixe sem fome. Alguns peixes mas nada, por aí além.

Grande Abraço,


Daniel Rodrigues

antonio disse...

Viva companheiro, fazendo minhas (com a devida licença) as palavras do Sr.João Martins,ver-te pescar é mesmo a cereja em cima do bolo, depois de se ler o que escreves.

Depois os pesqueiros "secretos", alguns até com nomes de código tipo "Crescente", "Laura", etc, etc... que só não são obra do acaso, porque representam muitas horinhas de busca com derrotas á mistura, fazem realmente a diferença.

Quanto ao "Granjola", epá tem calma, andam a engordá-lo, hehehe.

Aquele abraço

Amorim

Anónimo disse...

Andam a engordá-lo?

Ó Minha gente, atenção que a boca do forno não é assim tão grande!

Mas também se pode assar por
etapas...

Este cantinho está-se a tornar um local de culto, sente-se o vibrar do motor debaixo dos pés, a brisa salgada envolve-nos entrecortada aqui e ali por aquele cheiro a 'sardinhum'.

Está bonito este teu espaço!

Da Caparica, aquele abraço e está visto que o melhor será bater-mos por cá uma sardinhada e mais qualquer coisita, claro está!

Ernesto Lima disse...

Viva Pessoal!

Grato, a todos vós, pelos comentários!

Mais uma vez, não me poupam elogios! Sou sincero! Gosto!

Mas não me fazem sentir melhor pescador! Fazem sim, que sinta necessidade de fazer mais e melhor, quer com a pesca quer com a escrita! E isso... Eu agradeço!

Ao Pedro Batalha:

Homem... Longe de mim pescar todo o peixe do mar! Lol

Ao João Martins:

Epá! Oh João... Foi forte essa! Mas, sem dúvida que podemos substituir alguma da influência do factor sorte... Com muito trabalho!

Ao Daniel:

Então? Aparecias para conversar... Não apareceste porquê? Estás à vontade!

Ao Mário Baptista (Caparica's Man):

Estou a ver que a solução é mesmo a sardinhada! Lol

Ao Amorim:

Essa dos pesqueiros "secretos", não faz muito o meu género, por razões várias:

- Não tenho nada meu no mar!
- Nos sítios onde pesco, muita gente me vê!
- Não entendo um pesqueiro como um ponto de GPS, mas sim, como uma zona, cujo fundo envolvente apresenta características que indicam o aparecimento de peixe a qualquer momento, o que já expliquei em vários posts aqui pelo blog.
- A maioria dos pesqueiros que tenho eleito como bons, há muito que são frequentados por outros pescadores quer desportivos quer profissionais, parecendo-me que existam diferenças essencialmente relacionadas com os objectivos que lá nos levam.
- Baptizo-os à minha vontade, inspirado em factos da altura, mas nunca os considerarei meus, nem tenho a veleidade de achar que os descobri para o mundo da pesca, até porque, muitas vezes estão por lá muitas artes de vários tipos.
- Considero que os posso baptizar à minha vontade, porque, fui lá sem quaisquer indicações, sem perguntar ou sem ir atrás fosse de quem fosse.
- Nos meus conceitos, os secretismos estão no mar em si e na capacidade que possamos ter de colocar a isca certa, na época certa, na hora certa, com a montagem certa, utilizando a técnica certa, no pesqueiro certo, procurando determinadas espécies e... Arriscando muitas vezes a grade!

Os posts que tenho colocado por aqui, são essencialmente reflexões sobre este último ponto!

Sei que o sabes, mas não quero que, a quem leia, fique qualquer dúvida sobre tal!

Obrigado Amorim, por esta deixa que me permitiu reflectir, uma vez mais, sobre a "Minha Pesca".

Abraço!

Ernesto

Daniel Pedro Silva disse...

Concordo com o Mario.

"Isto esta a ficar um local de culto"

Como já me disse muitas vezes um Senhor de Sines que tenho o Prazer de ir falando:

Um dia os resultados apareceram....é preciso é paciencia calma e estar lá.

Eu não tenho estado lá, e as ferias tambem já se foram embora. Soube de bons resultados por aqui na minha zona mas poucos peixes daqueles que Procura.

Um abraço e eles estão mesmo a chegar á sua cana nova ;) .

Anónimo disse...

Ora viva ao fim de tanta tentiva la consigo ter acesso.
Mais caricato foi ter o prazer de o conhecer pessoalmente e trocar algumas impressoes consigo.
Desde ja os meus aplausos para as suas maravilhosas capturas algumas sao mesmo maravilhosas, em relaçao a esse peixao deixe estar que o dia ha de vir.
Fico a aguardar uma possibilidade de conhecer esses seus pesqueiros.
um abraço e até breve.

ja agora de uma vista de olhos

http://brunomendes1975.spaces.live.com/

Paulo karva disse...

Viva Ernesto
Parabéns por mais um grande relato e uma bela pescaria.
Não deu para ir ter contigo, eles quiseram começar a pescar mais cedo, eram 6 horas quando começamos fica para a próxima.
O Caparica Man pode também preparar uns pedaços de carne. LOL

Abraço
paulo karva

Ernesto Lima disse...

Viva Pessoal! Outra vez! Lol

Quanto ao Daniel Pedro Silva e á questão, já anteriormente levantada, do local de culto, vejam lá que eu não quero começar a colocar velinhas por aqui! Lol

Ao Bruno Mendes:

Coloquei lá um comentário no teu blog e saíram dois, não sei porquê??? Pelo facto, apresento as mais sinceras desculpas!

Também já coloquei aqui o link para o teu espaço, pelo qual te dou os meus sinceros parabéns!

Ao Paulo:

A carne não há-de ser má ideia! Lol

Abraço a todos!

Daniel Rodrigues disse...

Ora viva, de novo!

Como o amigo Zé Beicinho, estava muito atarefado com a sua cana, não quisemos atrapalhar o homem. LOL

Mas agora a sério, Não parámos para falar, para não empatar e para não espantar o peixe do vosso pesqueiro.

O tempo para pescas também não tem sido muito, mas a nossa pescaria, está para breve.

Até lá, vamos falando...

Um Grande Abraço.

Bruno Mendes disse...

Entao essas pescarias tem dado resultados ou nem por isso?
nadaque mereça um relatozinho :)

Ernesto Lima disse...

Viva Bruno!

Isto tem sido violento em termos de trabalho e... Consequente ausência de pesca!

Têm de ter paciência!

Não vos custa mais que me está a custar a mim!

Vão dando uma volta pelo que aqui está, eu vou colocar alguma informação, assim que puder!

Não estão esquecidos!

Abraço!

Ernesto